quinta-feira, 3 de março de 2016

Castro Alves o

Castro Alves o verdadeiro poeta Brasileiro nascido na Bahia, O "Adeus" de Teresa nentá entre os muitos de
sua autoria.





                            Castro Alves
Poeta
Seu nome todo Antônio Frederico de Castro Alves poeta brasileiro.
Nascido na fazenda Cabaceiras em 14 de março de 1847,Bahia
Faleceu: 6 de julho de 1871, Salvador, Bahia
Brasileiro estudou Universidade de São Paulo

Ai! Que vale a vingança, pobre amigo. Se na vingança, a honra não se lava?
Castro Alves

Bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar.
Castro Alves

Eu sou como a garça triste
Que mora a beira do rio
Castro Alves



O "Adeus" de Teresa

A vez primeira que eu fitei Teresa,
Como as plantas que arrasta a correnteza,
A valsa nos levou nos giros seus
E amamos juntos E depois na sala
"Adeus" eu disse-lhe a tremer co'a fala

E ela, corando, murmurou-me: "adeus."

Uma noite entreabriu-se um reposteiro. . .
E da alcova saía um cavaleiro
Inda beijando uma mulher sem véus
Era eu Era a pálida Teresa!
"Adeus" lhe disse conservando-a presa

E ela entre beijos murmurou-me: "adeus!"

Passaram tempos sec'los de delírio
Prazeres divinais gozos do Empíreo
... Mas um dia volvi aos lares meus.
Partindo eu disse - "Voltarei! descansa!. . . "
Ela, chorando mais que uma criança,

Ela em soluços murmurou-me: "adeus!"

Quando voltei era o palácio em festa!
E a voz d'Ela e de um homem lá na orquestra
Preenchiam de amor o azul dos céus.
Entrei! Ela me olhou branca surpresa!
Foi a última vez que eu vi Teresa!

E ela arquejando murmurou-me: "adeus!"
Castro Alves

Seguidores

Google+ Badge

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"
  •